Sindicato dos Armadores e das Indústrias de Pesca de Itajaí e Região

Palavra do Presidente

Chegou o momento do Povo das Águas se levantar

 

Chegou o momento do Povo das Águas se levantar e lutar pela sobrevivência da pesca. Há anos estamos sofrendo com proibições extremas, sem nenhum embasamento técnico, somos usados como moeda de troca dentro da cadeia protéica do Brasil e apesar de toda a boa vontade dos armadores em colaborar com as pesquisas científicas, não temos estatística pesqueira no País desde o ano de 2008. Mas agora, é iniciada uma nova fase, onde nos unimos pelo bem comum do setor pesqueiro. E lembre-se, quando falo em “Povo das Águas”, incluo todas as modalidades de pesca e aquicultura. 

Em um caminhar calmo, porém constante, estamos ganhando o apoio de representantes políticos e retomando discussões importantíssimas, como a da Portaria n° 445 do Ministério do Meio Ambiente, que foi discutida em uma Audiência Pública,  realizada no dia 25 de julho, na qual me fiz presente e que é tema de uma das nossas matérias nesta edição.

Mas nossos esforços não param por aí! Estamos há mais de dois meses lutando contra a proibição da pesca dentro das 12 milhas no Rio Grande do Sul.  Luta esta, que agora conta também com o apoio do governador de Santa Catarina, excelentíssimo Carlos Moisés, para que a Procuradoria Geral do Estado integre a ação direta de inconstitucionalidade que contesta a Lei nº15.223/18. 

Sabemos que este é apenas o começo e ainda temos muitos mares para navegar e tempestades para enfrentar, mas como bons homens e mulheres do mar que somos, não temeremos. Vamos em frente, sem esmorecer.